A manhã foi dedicada às visitas a livrarias e lojas em busca de livros e facas especiais, que não tem no Brasil, para queijos.
Uma pausa para o lanche da tarde no mercado municipal de Lisboa e fomos degustar 3 queijos de ovelha (leite cru) de diferentes regiões de Portugal (Azeitão, Évora e Nise).

Após, um pulo no Cerveteca para conhecer a cena lisboeta cervejeira e aproveitar para adiantar os trabalhos, muito bem acampanado de boas cervejas.
Destaque para essa APA portuguesa, bastante aromática (floral) e intenso e cremoso colarinho.

A noite foi hora de pegar um trem e seguir viagem para Bourdeaux (16h de viagem rasgando Portugal e Espanha rumo ao sul da França).